Meu emagrecimento!



quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Queimando calorias!O2 * Portal da corrida

Meninas lindas!Minha postagem de hoje é sobre corrida,que eu AMO!!!!


Aliar uma alimentação balanceada com a prática regular de atividades físicas é essencial para quem quer aumentar o gasto calórico


Por Fernanda Silva

Mesmo com muito empenho e dedicação, algumas pessoas não conseguem emagrecer quase nada, mesmo praticando exercícios físicos e seguindo uma dieta balanceada. Uma das explicações para isto é o metabolismo, ou seja, o modo como o seu organismo transforma as calorias ingeridas em energia. Aqueles que têm metabolismo lento, além de ter mais dificuldades para queimar gorduras, podem ter problemas no sono, falta de concentração, e também sentir uma fadiga excessiva.

Mas, felizmente, essa situação pode ser revertida. E uma das principais formas é através de uma reeducação alimentar. Mas como fazer isso? Uma boa dica é alimentar-se, pelo menos, de três em três horas. Essa atitude simples, acredite, ajuda a elevar o ritmo do metabolismo. “Temos uma enzima no fígado chamada ácido-graxo-sintase, que transforma carboidrato em gordura. Quanto mais tempo ficamos sem nos alimentar, mais ativa fica esta enzima, ou seja, se não comemos de uma forma correta, nosso organismo pode sintetizar muito mais gordura e engordar com mais facilidade”, explica Mariana Escobar, nutricionista da Clinn Espaço de Saúde, de Porto Alegre.

O ideal, portanto, é que sejam feitas de seis a oito refeições por dia, sendo as principais o café da manhã, o almoço e o jantar. As intermediárias devem ser compostas por lanches mais leves. Clique aqui e veja algumas dicas de lanches para comer entre as principais refeições. Outras sugestões importantes são: não pular as refeições e, muito menos, eliminar o carboidrato da dieta. “Mesmo quem quer acelerar o metabolismo e emagrecer, deve comer carboidrato para evitar o catabolismo muscular - processo que altera e diminui os níveis de energia do organismo”, fala Mariana. “O ideal é priorizar o carboidrato nas refeições pré e pós-treino e controlar nas outras”, acrescenta a nutricionista.

Além disso, há alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo, como o chá verde e o branco, o óleo de linhaça e o de cártamo, o gengibre, a pimenta, o pimentão, o café, entre outros. Essas opções são conhecidas como alimentos termogênicos.

Corra!
Outra forma de acelerar o metabolismo e perder os quilos desejados é praticar atividades físicas com regularidade. “Dessa maneira o metabolismo trabalha acelerado e, quando terminamos a atividade, devido à intensidade e nível de esforço, o organismo desacelera um pouco, mas ainda continua metabolizando de forma regular e por mais tempo”, explica Leandro Sandoval, diretor técnico da Life Training Assessoria Esportiva.

E é nessa hora que entra a corrida, “uma atividade na qual o gasto calórico pode chegar a 100 calorias queimadas a cada 10 minutos, dependendo de cada organismo”, como afirma Sandoval. Além disso, o ganho de massa muscular é essencial para que haja essa aceleração. Por isso, a musculação deve ser aliada à corrida. “Como a musculação trabalha as fibras musculares, esses grupos envolvidos no exercício passarão a ficar ativos por mais tempo, mantendo o metabolismo acelerado, facilitando à queima calórica durante um maior período do dia”, completa.

Atenção: é muito importante não exagerar na carga dos treinamentos, tanto os de musculação quanto os de corrida, pois o excesso irá gerar um enorme desgaste. Principalmente em um organismo que ainda não está tão preparado para tanto esforço. O corpo desgastado pode ter uma serie de variações negativas, refletindo no metabolismo e na disposição do praticante.

Acelere!
Veja as dicas do treinador Leandro Sandoval de atividades físicas para atletas iniciantes, intermediários ou avançados, que querem acelerar o metabolismo:

Para caminhantes:
Iniciantes: caminhadas moderadas por cerca de 30 minutos

Intermediários: caminhadas moderadas com duração de 50 minutos

Avançados: caminhadas rápidas com duração de 70 minutos

Para corredores:
Iniciantes: intercalar 60 minutos entre caminhada rápida e trote leve

Intermediários: trotes moderados com duração de 60 minutos

Avançados: 70 minutos de corrida rápida ritmada ou com variações de ritmos.

Musculação:
Iniciantes: dois treinos por semana, intercalados em dias alternados com o aeróbio (corrida), com todos os grupos musculares. Duas séries com 20 repetições e intervalos de 40 segundos entre as séries.

Intermediários: três treinos por semana, intercalados em dias alternados com o aeróbio, movimentando todos os grupos musculares, com três séries e 20 repetições cada (intervalo de 40 segundo entre as séries).

Avançado: quatro treinos por semana, separados por grupos musculares, em dias alternados com o treino aeróbio. Treino dividido por grupos musculares específicos: peitoral e tríceps, costas e bíceps, pernas e ombros, quatro séries com 12 repetições em cada e intervalo de 50 segundos entre as séries.


2 comentários:

Fernanda disse...

Gina,

Estou começando a gostar desse lance de corrida... rs.

Rafaela Santana disse...

Ainda tomo coragem pra começar a correr!!! Meu professor da academia enche a minha cabeça todo dia com esse lance de corrida, circuito primavera, circuito verão ... enfim... até falou pra eu me inscrever numa corrida que vai ter em dezembro. Aff... será q devo??? Bjins linda!!!